segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Tofu (outra receita)

O tofu é conhecido como queijo de soja e teve origem na China, estima-se que há mais de 2,000 anos e mais tarde foi introduzido no Japão pelos monges budistas (lá pelos anos 600 d.C).
O tofu é rico em proteínas e possui compostos fitoestrógenos que possuem propriedades protetoras da saúde. Mais informações sobre as propriedades do tofu você encontra aqui.
A primeira receita que fiz rendeu um tofu bem pequeno, mas foi fácil  e rápido de fazer e me animou a tentar a fazer um tofu maior. Nessa segunda receita o processo foi um pouco mais demorado, por que em vez de usar 1 xícara de grãos de soja, foi usado um pacote de 500 gramas. O vídeo da Mara Caprio que assisti ajudou bastante. Nas fotos tentei reproduzir o passo a passo do vídeo.


Ingredientes

1 pacote de 500 gramas de feijão de soja
Água o suficiente para cobrir a soja para hidratar
1 xícara de vinagre ou suco de limão
2 copos  de água para cada copo de soja hidratada

Deixar a soja de molho de um dia para outro ou de 8 a 12 horas. Passado esse período você vai pegar um copo daqueles de 240 ml (de requeijão) que vai ser a medida. Para cada copo de soja hidratada você vai colocar 2 copos de água, colocar no liquidificador e bater até terminar toda a soja. Coar numa peneira com um pano, espremer até ficar só o resíduo da soja no pano. Você vai fazer esse processo até terminar todo o grão hidratado com água. 
O liquido que ficou é o leite de soja. Coloque o leite numa panela grande e leve ao fogo por 20 minutos ou até ferver, mexendo sempre. Vá tirando a espuma. Passado os 20 minutos ou até o leite ferver. Desligue o fogo e jogue no líquido 1 xícara de vinagre ou suco de limão e mexa aos poucos até talhar. 
Tampe a panela e espere uns 10 minutos para coar o leite talhado numa peneira com um pano. Deixe escorrendo o soro por cerca de 1 hora na peneira com o pano e  coloque um prato por cima para fazer peso. Após esse período está pronto o tofu.

Observações:
Usei o suco de 2 limões grandes e 1 xícara de vinagre porque achei que tinha bastante leite de soja e deu certo. 
Peneira com um pano poroso para coar a soja batida no liquidificador

Esse foi o copo que usei como medida

Aqui o resíduo do leite de soja batido no liquidificador após ser coado

O leite de soja depois de coado foi colocado numa panela grande para ferver
Após ferver  o fogo é desligado e é colocado o coagulante - vinagre ou limão

Aqui o tofu separado do soro

Depois que todo o tofu for para a peneira cobrir com o pano e deixar escoar todo o soro

Colocar um prato em cima para fazer peso

E aqui o tofu pronto

Aqui pronto para comer...


Aqui o vídeo da Mara Caprio ensina a fazer tofu com passo a passo bem detalhado

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Pão de resíduo de soja


Preparei um tofu e sobrou bastante resíduo de soja. O nome desse resíduo é okara e ele é muito nutritivo. Mais informações sobre okara aqui.
A receita de hoje é um pão feito com o resíduo da soja e eu aprendi no site da EMBRAPA.

Ingredientes

Para  confecção do fermento
3 colheres (sopa) de fermento fresco para pão ou 3 tabletes de 15 g ou 1 colher (sopa) de fermento biológico seco
3 colheres (sopa) de açúcar
1 xícara chá) de água morna (250 ml)
1 xícara (chá) de farinha de trigo

Em uma vasilha dissolva o fermento com a água e adicionar os demais ingredientes. Cobrir com um plástico e deixar crescer por 15 minutos.

Massa do pão
1/4 de xícara de óleo
3 colheres (sopa) de açúcar
1 colher (sopa) rasa de sal
2 xícaras (chá) de resíduo de soja (300 gramas)
5 xícaras (chá) de farinha de trigo (550 gramas)

Misturar o fermento, o resíduo, o açúcar, o sal e o óleo. Adicionar aos poucos a farinha de trigo, trabalhando a massa até que os ingredientes se unam e a massa se desprenda dos dedos. Moldar os pães no formato desejado, dispor em formas untadas e polvilhadas com farinha de trigo, deixar crescer até dobrar de volume. Assar por 30 minutos em forno pré-aquecido.






Pode comer o pão puro com café

Ou acompanhado de tofu e doce de banana

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

Panqueca

Adoro panqueca! Sempre que estou sem farinha para fazer um pãozinho apelo para as panquecas. Fazia muito para os meus guris quando eram crianças e adolescentes. Ainda hoje eles fazem panquecas no café da manhã na casa deles. Aprendi essa receita no livro "Cozinhando sem Crueldade", de Ana Maria Curcelli.

Ingredientes
1 xícara (chá) de farinha integral ou branca
1 colher (sopa) de açúcar mascavo, demerara ou comum
1 colher (chá) de fermento em pó
3/4 de xícara (chá) de leite vegetal ou água
1 colher (sopa) de óleo
Mais o óleo para untar a frigideira

Bata todos os ingredientes na mão com um batedor de claras, o suficiente para ligar os ingredientes da massa. Deixe a massa descansar 10 minutos antes de usar. Misture com o batedor de claras novamente. Deixe descansar por mais 1 minuto. Aqueça uma frigideira com 2 colheres de óleo. Pingue a massa devagar formando um círculo. Assim que aparecerem bolhas vire a panqueca com uma espátula. Cozinhe cada lado delas. Sirva imediatamente com o recheio que desejar.

Recheio de banana
Pegar 1 banana e cortar em três partes de comprido, colocar um pouquinho de açúcar mascavo ou comum e polvilhar com canela. Cozinhar numa frigideira antiaderente untada com um pouquinho de óleo (usei o de coco). Virar. Recheia uma panqueca.

Observações:
A receita original pede farinha branca, que substitui por integral.
Substitui o leite de soja da receita original por leite de aveia, que era o que eu tinha, mas pode usar água.
Não esperei o tempo que a receita pede porque estava com pressa de fazer as panquecas.




Delícia com um cafezinho...

domingo, 20 de setembro de 2015

Leite de aveia


A aveia contém altos teores de proteínas e carboidratos, além de possuir vitaminas, sais minerais e fibras. Os principais nutrientes encontrados na aveia são: fibras solúveis e insolúveis, proteínas, ferro, magnésio, fósforo, zinco, manganês, vitamina E, B1 e B5 e carboidratos. Mais informações sobre os nutrientes da aveia você encontra aqui.
A receita de hoje é do leite de aveia, que tem um sabor neutro e pode ser usado em todas as receitas que pedem leite, substituindo o leite de origem animal. Aprendi no livro "Cozinhando sem crueldade", de Ana Maria Curcelli.

Ingredientes para o leite de aveia.

1 xícara (chá) de aveia em flocos
2 xícara (chá) de água para o molho
Deixe a aveia de molho na água por 1 hora. Bata no liquidificador a aveia com a água do molho, coe e guarde na geladeira.

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Leite de amendoim germinado


Depois de algumas tentativas frustradas, consegui germinar amendoim para fazer leite. As sementes germinadas não devem ser cozidas para não perder todo o maravilhoso potencial adquirido pela germinação. Ao serem deixadas de molho, as sementes liberam enzimas que antes não estavam disponíveis para aproveitamento de nosso organismo, auxiliando na digestão e aumentando  a capacidade nutritiva em até 20 mil vezes. Mais informações sobre o poder das sementes germinadas aqui.
De acordo com os preceitos da alimentação viva  o alimento deve ser preparado para ser consumido todo no dia para não precisar guardar na geladeira. Então,  a medida para se fazer o leite é de 1 xícara de sementes germinadas para 1 copo de água. Mais dicas sobre como criar o seu próprio leite vegetal com sementes germinadas você encontra aqui.




Amendoim germinado

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Biomassa de banana verde


A biomassa de banana verde é rica em amido resistente, um nutriente que contribui para a saúde intestinal promove a saciedade e protege o coração. É rica em vitaminas A, B1, B2 e minerais essenciais, como fósforo, magnésio e potássio. Age na prevenção de diversas doenças e tem baixo valor calórico. Na foto cacho de banana orgânico da bananeira da minha vizinha Nadir, que gentilmente me cede as bananas sempre que preciso para uma receita. Mais informações sobre a biomassa de banana verde aqui e aqui

.
Aqui a banana verde depois de cozinhar por 8 minutos na panela de pressão
Primeiro amasso a banana verde ainda quente com um garfo
Depois coloco no liquidificador com um pouquinho da água do cozimento
E vira essa pasta nutritiva
Que depois se transforma na deliciosa maionese de biomassa de banana verde
A receita está aqui

domingo, 13 de setembro de 2015

Queijo de mandioca


Venho testando vários queijos veganos, já fiz o queijo de batata, que foi aprovadíssimo aqui em casa, e hoje é a vez do queijo de mandioca. Nessa mesma receita você pode substituir a mandioca por batata doce ou batata inglesa. Esse queijo muito saboroso e fácil de fazer, que pode ser usado em pizza, lasanha, panqueca, sanduíche e tudo que pedir queijo. Nós batizamos essa receita de queijom. Aprendi essa receita no site Tudo para vegetarianos.

Ingredientes

3 xícaras (chá) de mandioca cozida e amassada como purê
2  xícaras (chá) de água do cozimento da mandioca
1 xícara (chá) de polvilho azedo
1 xícara (chá) de polvilho doce
1/2 xícara de azeite de oliva ou óleo (usei o de girassol)
1/2 limão
1 colher (chá) de sal
orégano ou outro tempero à gosto

Cozinhei a mandioca numa panela de pressão por uns 15 minutos até ela ficar firme, mas não desmanchando, tirei do fogo e ainda quente amassei com um garfo como um purê. Coloquei a mandioca e os demais ingredientes no liquidificador e bati  até ficar com uma consistência pastosa. Levei ao fogo médio por uns 8 minutos mexendo sempre e sem deixar ferver. Passado esse tempo retirei do fogo e coloquei num recipiente de vidro untado e cobri com filme plástico (esperei esfriar para sair todo o vapor). Coloquei na geladeira na gaveta de frios, que fica logo abaixo do congelador e deixei por duas horas antes de desenformar. Passado esse tempo desenformei e provei. Ficou uma delícia!!!

Observação:
Caso você queira deixar o queijo amarelinho, acrescente um pouquinho de cúrcuma ou açafrão ( cerca de uma colher rasa de chá), como fiz no queijo de batata ( a receita tá aqui).





sábado, 12 de setembro de 2015

Feijão branco com alho poró

Gosto muito de feijão, fui criada comendo feijão preto com arroz branco. Quando mudei minha alimentação procurei variar os feijões e passei a comer arroz integral. O feijão branco é muito saboroso, embora seja um pouco mais caro que o preto e o carioquinha, que são os que uso no meu dia a dia.
O feijão branco possui uma glicoproteína, a faseolamina, que inibe a absorção do carboidrato (amido) encontrado em massas, batatas, arroz, pães, biscoitos, entre outros, e que pode ajudar as pessoas que querem emagrecer,  Mais informações sobre o feijão branco você encontra aqui. Já o alho poró é uma espécie de cebola comprida, porém com sabor mais suave e doce, é fonte de vitamina C, E e B6. Mais informações sobre as propriedades do alho poró aqui.

Ingredientes

1 xícara (chá) de feijão branco
1 alho poró
2 dentes de alho
1 cebola pequena
1 tomate
2 colheres (sopa) de óleo vegetal (usei o de girassol)
salsa picadinha
cebolinha verde
manjericão fresco ou desidratado (se for fresco 1 colher de sopa, se for o desidratado 1 colher de chá)
1 colher (chá) de cúrcuma ou açafrão
Sal e pimenta à gosto

Deixei o feijão de molho de um dia para o outro ou 8 horas. Passado esse período coloquei na panela de pressão e deixei cozinhar por cerca de 20 minutos. Enquanto isso preparei o refogado com o alho poró e os outros ingredientes. Coloquei o óleo numa panela, fritei a cebola e o alho e acrescentei o alho poró, o tomate, o sal, a pimenta, e a cúrcuma ou açafrão. Acrescentei o feijão e deixei mais alguns minutos até amaciar o alho poró. Quando vi que o alho poró já estava macio e o feijão já tinha adquirido o gosto dos temperos, desliguei o fogo e aí coloquei o manjericão, a salsa e a cebolinha. Ficou muito gostoso e foi ideal para o friozinho que estava fazendo. Comi puro, mas pode ser acompanhado por arroz integral ou branco e saladas ao seu gosto.
O refogado do alho poró antes antes de colocar o feijão

Aqui pronto para comer



quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Café da manhã vegano


A sugestão de hoje é de um café da manhã bem parecido com o café da manhã que eu tomava antigamente quando ainda não era vegana: café com leite com pãozinho, um queijinho e umas frutas (que não coloquei na imagem). Só que esse café da manhã qualquer pessoa pode tomar, mesmo não sendo nem vegetariano, nem vegano. Se você aderir  a Campanha Segunda Sem Carne, aí já está uma opção. Todas as receitas estão aqui no blog, menos a da ricotinha que vou postar amanhã, mas que você encontra no grupo do facebook Receitas Veganas.
Café com leite de amêndoa
Receita do leite aqui
Pão de minuto integral
Receita aqui
Queijo de batata
Receita aqui
Ricota feita com o resíduo do leite de amêndoa
Receita aqui

quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Queijo de batata


A receita de hoje é do queijo de batata. Esse queijo dá para colocar na pizza, no hambúrguer, tortas e comer com pão. Aprendi no livro virtual Receitas Ogras e Veganas.

Ingredientes

4 xícaras (chá) de batatas amassadas
1 xícara (chá) de óleo
1 xícara (chá) de água
1/2 xícara (chá) de polvilho doce
1 e 1/2 xícara (chá) de polvilho azedo
2 colheres (chá) de sal
Cúrcuma ou açafrão à gosto - pode deixar sem o açafrão, fica um amarelo bem clarinho da batata
1/2 limão (opcional, mas deixou o queijo mais gostoso)
Essência de queijo à gosto (opcional)

Misture todos os ingredientes e leve ao fogo mexendo sempre para não empelotar até desgrudar da panela. Coloque em um pote e leve à geladeira. Rende quase 1 quilo.

Observação:
Nessa receita usei  2 xícaras de batata e 2 xícaras de batata doce. O motivo é que não tinha batata o suficiente para 4 xícaras.
A cor amarelinha do queijo é por causa da cúrcuma ou açafrão.
Ele rende bastante e é saboroso, embora não lembre o sabor do queijo. Eu não coloquei a essência de queijo porque não tenho em casa, mas vou tentar da próxima vez.

Aqui logo que eu tirei do fogo e antes de ir para a geladeira

Aqui depois de ficar 1 hora na geladeira e desenformado


Mesma receita sem cúrcuma e acrescida de 1/2 limão
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...