Querido(a) leitor(a), você sabe como podemos ajudar o nosso planeta a continuar vivo? Com pequenas ações no nosso dia a dia. O planeta Terra pede socorro, já não suporta tanto lixo produzido pelo ser humano. Ser sustentável é, antes de tudo, ser consciente. Podemos fazer a nossa parte dando uma nova vida a quase tudo que tem como destino o lixo. Aproveitar ao máximo os objetos que fazem parte do nosso dia a dia, como os celulares, por exemplo, e não nos deixarmos levar pela sedução da indústria do consumismo. E não são só os objetos que merecem atenção, mas os recursos naturais da Terra que estão se esgotando. A água está se tornando cada vez mais escassa, e o pouco que ainda resta está sendo poluído devido a negligência e descaso com que as autoridades e os próprios consumidores tem em relação a proteção das nascentes, das matas ciliares, do uso dos rios como esgoto. Desastres ambientais estão ocorrendo todos os dias, como o de Mariana/MG/Brasil, que colocam em risco a sobrevivência do ser humano e de todas as espécies do planeta. Precisamos urgentemente mudar o nosso modo de pensar, de individual para coletivo, a fim de poder auxiliar o nosso planeta a continuar vivo.

sábado, 8 de maio de 2010

Degradação dos solos

"Erosão é o arrastamento de partículas constituintes do solo, pela ação da água em movimento, resultante da precipitação pluviométrica ou pela ação dos ventos  e das ondas".

Existem causas  físicas e causas mecânicas para a erosão. As causas físicas são oriundas das forças da natureza que, pela inexistência de proteção, atuam sobre o solo, prejudicando-o em suas qualidades naturais. Já as causas mecânicas se originam pela ação das máquinas e implementos agrícolas, comprimindo o solo ou mobilizando-o excessivamente.

A erosão hídrica dos solos é a mais preocupante no Brasil, pois  desagrega e transporta o material erodido com grande facilidade, principalmente em regiões de clima úmido, onde os resultados são mais drásticos. A
erosão hídrica  é o transporte, por arrastamento, de partículas do solo pela ação das águas. É um dos principais fatores de desagregação dos solos agrícolas, sendo que no sul do Brasil os maiores problemas ocorreram nas décadas de 1970 e 1980 com o avanço da modernização agrícola.

A erosão causada pela água  pode ser laminar,  em sulcos ou em voçorocas, que é a forma mais avançada da erosão, ocasionada por grandes concentrações de enxurrada que passam, ano após ano,  no mesmo sulco, que vai ampliando pelo deslocamento de grandes massas de solo, formando grande cavidades em extensão e profundidade.

Como a erosão é efeito e não causa, para recuperar o solo é fundamental dar a ele condiçoes de se regenerar para voltar a ter, pelo menos em parte,  suas condições naturais.

Fonte: ARAÚJO,Regina Bolico.Monografia Degradação dos solos por erosão hídrica e o meio ambiente. Pós-Graduação em Educação Ambiental e Gestão dos Recursos Naturais.
Imagem: Voçoroca em Fortaleza dos Valos (RS) - autora: Julia Dietze

Nenhum comentário:

.

.

.

.