terça-feira, 11 de novembro de 2008

Você aproveita a água da chuva?


Na última aula do curso de Educação Ambiental, fizemos a análise de um projeto publicado na Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, da Universidade Federal do Rio Grande (FURG).
O projeto, chamado Educação Ambiental na prática: captação da água pluvial em escola da rede pública de ensino no município de São Bento do Sul - SC, buscava alternativas para situações onde não se exige um índice de qualidade da água como a usada para consumo.
A água da chuva pode ser usada como alternativa à escassez de água potável, em lavagem de pisos, automóveis e descarga de vasos sanitários, os quais não necessitam dos mesmos parâmetros de qualidade para a água utilizada na alimentação e higiene humanas.
A água da chuva pode ser ainda usada nos hidrantes (contra incêndios), na lavagem de carros público (ônibus, por exemplo), em sistemas decorativos (fontes, chafariz), na irrigação de áreas verdes, na construção civil (preparação do concreto), assim como nas indústrias, em torres de resfriamento, caldeiras, lavagem de pisos e peças.
Entretanto, não existem normas na legislação brasileira para a utilização de águas pluviais. Apenas Curitiba (PR) e São Paulo (SP), elaboraram leis que regem o tema.
Segundo André Trigueiro, as águas da chuva são tratadas pela legislação brasileira como esgoto, porque ela usualmente vai dos telhados e dos pisos para as bocas de lobo aonde vai carregando todo tipo de impureza.
A economia de água não deve abranger somente as áreas onde há racionamento, mas envolver toda a população brasileira. Principalmente por tratar-se de um país tropical, onde a incidência de chuva é maior que em outras regiões do planeta. A nossa população ainda não se deu conta do desperdício acumulado em cada período de chuva.

Fonte:Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental da Universidade Federal do Rio Grande.
TRIGUEIRO, André. Mundo sustentável; abrindo espaço na mídia para um planeta em transformação.
Imagem: Galeria de Douglas Cason Art's

11 comentários:

Geografo.Jose.Carlos.Jr disse...

Tremenda burrice não aproveitar água da chuva. Regina, achei uma ilustração de um esquema de apreveitamento de água de chuva. Vale dar uma olhada pra aproveitar com seus alunos. Abraços

O link é: http://www.ecocasa.com.br/images/ext/casa_diabom.jpg

Regina Bolico disse...

Oi José Carlos! Realmente é uma tremenda burrice não aproveitar a água da chuva. Fui ao site indicado por você e achei muito interessante o desenho de como e feito o aproveitamento da água da chuva na casa.
Um abraço.

João disse...

Regina,

É curioso que desde á muito que penso nesta água abençoada.
Sempre pensei que o aproveitamento desta água dos céus devia ser efectuada,e estranhei porque ainda ninguém lembrou-se seriamente de o fazer.

Com tantos planos e divulgações para as preocupações ambientais que hoje circulam,reparo que este aproveitamento não é prioridade...talvez porque não seja negócio com imposto para pagar e afecte outros negócios...
Aqui está um bom tema para perguntar,pois aqui em Portugal as Autarquias Municipais tem gerido a água de consumo particular e empresarial,talvez elas não estejam interessadas na diminuição lucros.

Felizmente que ainda há coisas livres e democráticas neste mundo,a luz do sol,o oxigénio e a água...

Abraço Regina,
joao

Regina Bolico disse...

Oi João!
Também estranho muito isso não acontecer aqui no Brasil de uma forma mais ampla. O aproveitamento da água da chuva acontece em regiões onde há carência de água, mas não existe uma preocupação em disseminar essa idéia. Na minha cidade pequena, sem poluição, essa água, além de abençoada, é muito limpa!
Um abraço.

Tânia disse...

Regina, atitudes simples como essa, sem custos, muito pelo contrário, favorecem uma economia gigante sendo disperdiçada.
Eu particularmente recolho em tambores próprios (com tampa, é claro) para lavar o canil e o espaço do cachorro.
Que venham mais idéias como esta.
Bjs

Lisa disse...

Aproveitar água da chuva é uma questão de conciência.
abs
Lisa

Regina Bolico disse...

Oi Tânia!
Acho importante que atitudes como essa do teu dia-a-dia seja contada aos amigos do diHITT, prá gente poder fazer o mesmo, ou que motivem novas idéias de se reaproveitar essa água tão preciosa.
Um abraço.

Regina Bolico disse...

Tu sabe, Lisa, que eu já tinha pensado nisso. Gostaria que um sistema desses, de cisternas para guardar a água da chuva, fosse popularizado. Isso até poderia ser uma motivação para as pessoas guardar a água da chuva.
Um abraço.

. disse...

Olá Regina
Estou oferecendo um presentinho pra você lá no Flores e Pérolas, fique à vontade para aceitar ou não
Beijão
Sol

Regina Bolico disse...

Oi Sol!
Que bom que ganhei um presente. Vou estar colocando no meu blog nos próximos dias.
Beijo.

Beth disse...

Moro numa região de praia e tenho muito amigos que moram nas ilhas, no verão eles sofrem com a falta de água. Uma das soluções encontradas por eles foi a captação da água da chuva em cisternas.A colheta é feita em canalhetas de garrafa pet, uma solução simples e barata.
O país carece de educação na área ambiental. Ecologia e
sustentabilidade precisa fazer parte da grade escolar do primário à universidade.
Beijo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...