sábado, 22 de novembro de 2008

Consumo consciente


Ao abrir uma lata de refrigerante, uma embalagem de leite, uma garrafa de cerveja, você está produzindo lixo.
Estamos na era dos descartáveis, esse material economiza tempo, mas gera uma quantidade enorme de sobras. Consumi-los faz com que a indústria aumente a retirada de matéria-prima da natureza, a conseqüência é o desperdício de energia e de recursos naturais.
Olhe o exemplo abaixo:
A indústria produz: leite, saco plástico, garrafa plástica, caixa longa vida
Você compra: leite + saco plástico; leite + garrafa plástica; leite + caixa longa vida
Você consome: leite
Você descarta: saco plástico, garrafa plástica, caixa longa vida = papelão+alumínio+plástico
Aquilo que utilizamos no nosso dia-a-dia pode ser reaproveitado (reutilizado), possibilitando a economia de energia e matéria-prima necessárias para a fabricação de novos produtos. Mas o ideal mesmo é não produzir lixo. Evite o desperdício, procure usar os dois lados do papel, aproveite as sobras de papel para fazer rascunhos ou blocos para anotações. Evite comprar produtos com embalagens muito grandes, que utilizam muitos materiais mas que não possuam nenhuma utilidade ou não possam ser reaproveitadas. Use embalagens descartáveis que possam ser recicladas. Evite os descartáveis feitos para usar apenas uma vez e depois jogar fora. Seja consciente do seu papel no mundo. 

Fonte: Curso de Pós-Graduação em Educação Ambiental e Gestão dos Recursos Naturais. Disciplina: Introdução à Percepção Ambiental, com a profª Ana Rita Pereira Wollmann
Imagem: jaylopez

11 comentários:

Rodrigo Piva disse...

Pequenas mudanças de hábito fazem uma grande diferença.
Parabéns pelo excelente post, Regina.

Abraços :-)

João disse...

Regina,

Educar as actuais gerações que dominam o mundo,os adultos,não é fácil.
Leva-los a estas pequenas preocupações,mas os hábitos estão bem formados e eles são de difícil transformação,pois as pessoas são muito comodistas.
Felizmente que as crianças estão na escola aprendendo outra maneira de estar na vida,mais consciente de todo o lixo que degrada o ambiente.

Mas também o sector produtor desta sociedade de consumo,tem a sua responsabilidade em não criar materiais não recicláveis e dotar de os tratar,pois deve ser esta a sua parte de participação no bem comum.

Abraço amiga,
joao

Jorge Fortunato disse...

Regina,
Ótimo artigo. Sempre é bom falarmos dessas questões. em alguns bairros do Rio de Janeiro existe a coleta seletiva. Condomínios têm conseguido reduzir despesas através da reciclagem, sem contar as inúmeras cooperativas. ONgs como a "Doe seu lixo" contribui bastante. a última sexta-feira aconteceu um show no Sambódromo do rio, cujo ingresso era um saco de lixo reciclado.
Abraço

Osc@r Luiz disse...

Verdade...
E o pior é quando é uma embalagem, dentro de outra que vem dentro de mais uma...
Mas já estamos nos aproximando dos limites. Da capacidade de suporte.
Se não aprendermos por bem, teremos que aprender da pior maneira.
Muito boa a sua abordagem.
Beijão e uma ótima semana!

Regina Bolico disse...

Oi Rodrigo!
Realmente, são as pequenas atitudes do nosso dia-a-dia que pode trazer mudanças a longo prazo.
Um abraço.

Regina Bolico disse...

Oi João!
Como comentei com o amigo Jackson, vivemos numa sociedade capitalista que nos induz ao consumo excessivo. Lógico que ninguém consegue bater em número os norte-americanos. Você lembra quando houve o ataque às torres gêmeas o que é que o presidente Bush pediu ao povo norte-americano? Que não deixassem de consumir. Agora há pouco tempo o presidente Lula também pediu que se consumisse. Nós mesmos usamos computadores que tem uma vida útil muito curta e somos induzidos a consumir. Isso é uma loucura!!!
Um abraço.

Regina Bolico disse...

Oi Jorge!
Eu imagino que o problema do lixo deva ter proporções gigantescas numa cidade enorme como o Rio. Por isso iniciativas como essas que você relatou são essenciais prá amenizar o problema do excesso de lixo.
Um abraço.

Regina Bolico disse...

Oi Oscar!
É verdade,são muitas embalagens que você consome quando compra um produto. E aí você começa a ver que não tem lugar prá colocar tanta coisa inútil.
Beijo e uma ótima semana prá você.

rebloggando-requeri disse...

evito impressão desnecessária, e se ocorre um erro, o papel é usado no verso, se for o caso, ou cortado para anotações.

noutro dia soube de alguns artesãos que estão reutilizando as famigeradas garrafas pet para confeccionar sacolas e bolsas, caixas de presente, que podem virar guardadeiros ... adoro uma caixa ... rsrsrs ... suporte de guardanapo, e outros tantos objetos, que ficam muito lindos.

beijo.

rebloggando-requeri disse...

artesões ... cruzes!!!

Regina Bolico disse...

Oi Re!
Eu também faço isso, fico mesentindo culpada se uso apenas um lado do papel. Imprimo somente o necessário, mas ainda não consigo evitar o desperdício de papel nos lugares onde trabalho. As provas são feitas dos dois lados das folhas, mas os trabalhos dos alunos, ou na empresa que faz xerox somente um lado da folha é ocupado. E isso me dá uma raiva...
Beijo Re!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...