"Quando se fala na sustentabilidade do planeta Terra, as pequenas mas significativas ações cotidianas de cada um, valem muito mais do que longos e evasivos discursos impregnados de proposituras que raramente são transformadas em realidade". (Prof. Zenobio Eloy Fardin)

segunda-feira, 31 de março de 2008

Movimentos ambientalistas - Década de 1970


Fase da regulamentação e do controle ambiental

 Em 1972, o Clube de Roma publicou o seu relatório Limits to Growth (Limites do Crescimento Econômico). Qual foi a importância desse relatório?
      
O Clube de Roma era formado por um grupo de trinta especialistas de várias áreas para discutir a crise atual (da época) e futura da humanidade. O relatório apresentava modelos globais baseados nas técnicas de análise de sistemas projetados para predizer como seria o futuro caso houvesse modificações ou ajustes nos modelos de desenvolvimento adotados. O documento condenava a busca incessante do crescimento econômico a qualquer custo.
      
Os resultados da análise desse documento foram levados à Conferência de Estocolmo, em julho de 1972. Ali estiveram reunidos representantes de 113 países para a Conferência da ONU sobre o Ambiente Humano. A Conferência de Estocolmo gerou a Declaração sobre o Ambiente Humano, que estabeleceu o Plano de Ação Mundial e recomendou que deveria ser desenvolvido um Programa Internacional de Educação Ambiental com o propósito de educar o cidadão comum para a compreensão dos mecanismos de sustentação da vida na Terra.
      
Durante a Conferência aconteceu o registro mais polêmico e que foi patrocinado pelo Brasil. Os representantes brasileiros na Conferência portavam um cartaz que dizia: "Bem-vindos à poluição, estamos abertos para ela. O Brasil é um país que não tem restrições. Temos várias cidades que receberiam de braços abertos a sua poluição, porque o que nós queremos são empregos, são dólares para o nosso desenvolvimento". Foi um escândalo internacional!!! Representantes do mundo inteiro preocupados com a degradação ambiental do planeta e o Brasil apresentava uma proprosta para levar poluição ao país. E conseguiu, é desse período Cubatão, Rio Guaíba, Tietê, Projeto Carajás, entre outros...
      
Após a Conferência de Estocolmo poluir passa a ser crime em vários países. Nações começam a criar seus órgãos ambientais e suas legislações visando o controle da poluição ambiental. Essa fase é chamada de a década da regulamentação e do controle ambiental.
      
Na década de 1970 acontece também a crise energética mundial, causada pelo aumento abusivo do preço do petróleo. Então, além da poluição, dois novos temas passam a fazer parte da luta ambiental: a racionalização do uso de energia e a busca por combustíveis mais puros.

Texto baseado em Tópicos em educação ambiental: recortes didáticos sobre o meio ambiente, de Berenice Weissheimer Roth
Disciplina: Desenvolvimento Sustentável (Profª Letícia Hostin Lima)
Pós-graduação "Lato Sensu" Educação Ambiental e Gestão dos Recursos Naturais" - outubro de 2007

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...