sexta-feira, 22 de junho de 2018

Brigadeiro de colher sem lactose, sem glúten e vegano

Tem uma frase que eu gosto muito que diz que quem se alimenta bem não precisa tomar remédio. Essa frase me acompanha desde criança. E poucas vezes precisei tomar remédio.
Anos atrás fui gradativamente mudando a minha alimentação "normal" para uma alimentação vegetariana e depois vegana. Precisei pesquisar muito e aprender sobre o valor nutricional dos alimentos. E isso é uma aprendizagem que não acaba.
Atualmente, além da alimentação vegana, tento aumentar a quantia de alimentos que não precisem ir ao fogo para manter a qualidade nutricional. Mas você não precisa ser vegetariano ou vegano para ir experimentando novos alimentos.
A receita que fiz eu "batizei" de brigadeiro de colher porque uma colega ontem estava vendendo o tradicional brigadeiro de colher e parecia bem gostoso. Então lembrei da receita de chocolate vegano que aprendi na internet no canal do Pensando ao Contrário, que é feito apenas com cacau puro, óleo de coco e um pouco de açúcar. Fiz mas sem colocar açúcar, acrescentei um pouco de coco ralado fresco e misturei nesse chocolate. Depois amassei uma banana bem madura que ajudou a dar consistência e deu o sabor doce sem precisar usar açúcar. Para ficar mais gostoso, piquei grosseiramente umas castanhas do pará. E estava pronto!
Quero dizer para vocês que normalmente não como muito doce, mas de vez em quando, com esse frio que está fazendo aqui, até cabe um sabor de chocolate.
A foto que vou colocar não condiz com o sabor que estava muito bom, mas a fotinho foi feita com o celular e não teve nenhuma preparação prévia. Na verdade, fotografei para mandar para meus filhos a foto do doce que quero fazer na próxima vez que for visitá-los.
Se vocês fizerem esse docinho e a foto de vocês ficar mais bonitinha vocês podem me enviar para eu colocar no blog?
Abaixo a receita do chocolate vegano que cito no texto acima.


sábado, 16 de junho de 2018

Queijo minas de leite de amendoim - frescal, cremoso, sem lactose e vegano...


Fiz esse queijinho e é bem gostoso. O meu ficou com uma consistência de passar no pão e temperei com sal e orégano desidratado. Recomendo.

Fonte: http://www.pensandoaocontrario.com.br/

sexta-feira, 1 de junho de 2018

Pequeno Universo

O ser humano é um pequeno universo. Mas, temos consciência de absolutamente tudo? Podemos evoluir cada vez mais, conectados com tudo 24h por dia, o mundo inteiro acelerando cada vez mais já há tanto tempo. O que temos feito, tem um verdadeiro porque?

Fonte: Nova Acrópole Brasil Região Sul

sábado, 12 de maio de 2018

Dia das Mães são todos os dias

Desde que me tornei mãe no dia 28 de julho de 1990, em todos esses dias fui mãe e serei mãe pelo resto dos meus dias. 
Certo é que num determinado dia do ano convencionou-se ser a data dedicada às mães, mas é justamente a data que eu menos ligo. Não preciso de buquê de flores ou de presentes, porque o meu presente é saber que meus filhos estão bem, que se tornaram seres humanos íntegros e bons, que sabem enfrentar a vida e tirar dela as melhores lições para crescerem e se tornarem seres humanos melhores. Esse é o meu grande presente!
Então, se tem mulheres e mães que pensam como eu, vão saber que essa data é uma convenção, um padrão estipulado e aceito pela maioria das pessoas.
Ainda assim, um Feliz Dia das Mães para todas nós!

sábado, 7 de abril de 2018

Outono

O eterno ciclo da natureza, as estações do ano. Encerra-se o ciclo da expansão, que foi o do verão e do calor e agora estamos no período intermediário entre a expansão e o recolhimento e introspecção, que é o ciclo do inverno.
Gosto muito do outono. Fico encantada com as folhas se modificando, mesmo secas elas ainda tem vida. No chão quase ninguém observa a beleza do verde se tornando dourado e depois marrom. Parece uma pintura de tão lindas que são.
Que possamos aproveitar cada ciclo que a natureza nos proporciona e nos harmonizar com a mãe Terra!
Um grande abraço!

quinta-feira, 20 de julho de 2017

Socorram do frio os animais abandonados com casinhas de caixas de papelão

Amigos! O frio está dramático aqui no sul do Brasil e na região sudeste também. Hoje mesmo li uma notícia que um morador de rua morreu de frio em São Paulo. Em Porto Alegre há muitos albergues para abrigar os moradores de rua durante a noite. As prefeituras têm que tomar uma posição nesse sentido para amenizar o sofrimento dessas pessoas.
Hoje trago algumas ideias para amenizar o sofrimento dos animaizinhos que moram na rua e que precisam da nossa ajuda para abrigar-se do frio. Não são casas definitivas, mas que ajudarão até passar esse momento dramático para os desabrigados. São casinhas feitas com caixas de papelão e plástico.
Você vai precisar
-caixas de papelão
-fibra de proteção usada para transportar estofados e aparelhos eletrônicos (facilmente encontrada como descartes nas lojas e shoppings que vendem estas mercadorias)
-plástico preto comum para obras e reformas
- fita adesiva
-cobertor
Dar várias voltas na caixa com o plástico
 e se tiver colocar uma camada intermediária de fibra de proteção ou plástico bolha. Use aquela fita adesiva mais forte que resiste a umidade e coloque forros dentro da caixa (cobertor velho ou outros panos). Não fica bonita, mas é econômica e eficiente. Essas casinhas pode abrigar gatos e cachorros. O tamanho da caixa depende do tamanho do animal.

Abaixo uma outra ideia se você tiver caixa de isopor velha.
O isopor já é térmico, é só colocar uns forrinhos dentro da caixa que já ajuda bastante.
Outras ideias com outros materiais no blog Amor aos Animais (clique em cima do nome do blog).

quarta-feira, 19 de julho de 2017

Todos os animais merecem viver

A nossa responsabilidade planetária em relação aos animais vai muito além do que você pode imaginar. Eles nascem e deveriam viver livres quaisquer que fossem as espécies. Não deveria haver restrições a quem deveríamos amar e a quem deveríamos proteger e ter compaixão. “Como zeladores do planeta, é nossa responsabilidade lidar com todas as espécies com carinho, amor e compaixão. As crueldades que os animais sofrem pelas mãos dos homens está além do nossa compreensão. Por favor, ajude a parar com esta loucura.” Richard Gere
Todos os animais merecem viver.

Música:
Lonely Planet
Paul Mottran

sábado, 8 de julho de 2017

Era uma vez um planeta que abrigava vida

Era uma vez um pequeno planeta do sistema solar que abrigava vida.
Vida de todas as formas e cores, da terra, da água e do ar... Todas as formas de vida que merecem o nosso amor, compaixão e proteção.
Este vídeo é uma homenagem à vida.

Música:
Emotional Without Percussion - 5027
e-soundtrax

domingo, 25 de junho de 2017

A importância das árvores na manutenção da vida na Terra

As árvores são organismos essenciais para o equilíbrio do planeta Terra, principalmente pela realização da fotossíntese. Elas absorvem a radiação solar e o gás carbônico durante o dia liberando o oxigênio e água, sendo este o processo contrário ao da respiração humana. Essa liberação de água é extremamente importante para o controle da umidade climática.
* As árvores são as maiores plantas do reino vegetal e também as que têm vida mais longa.
* As árvores contribuem para a manutenção do clima, suas copas diminuem a velocidade do vento, as raízes retém o solo impedindo a erosão e auxiliam na captação da água nos lençóis subterrâneos.
* As árvores diminuem os ruídos, produzem sombra, alimento, abrigo aos animais.
* As árvores podem reduzir a incidência de asma, câncer de pele e doenças relacionadas ao estresse, pois ajudam a diminuir a poluição do ar.
Todas as florestas e outras formas de vegetação produzem bens e serviços ambientais essenciais para a conservação da vida no nosso planeta, como a manutenção dos rios e lagos, conservação dos solos, contenção da erosão e regularização do clima.
Você já pensou que o nome do nosso país (Brasil) é derivado de uma árvore?
As árvores no ambiente urbano
As árvores são essenciais para amenizar o clima em áreas urbanas, controlando a radiação solar, ventilação e umidade relativa do ar. Em um lugar com muitas árvores as temperaturas altas são amenizadas. Segundo pesquisas feitas em um ambiente de uma grande cidade, com prédios altos e asfalto e uma outra área da mesma cidade, mas que tinha muitas árvores, verificou-se uma diferença de até 3ºC nos dois ambientes.
Árvores nas capitais
Achei muito interessante esse material mostrando a distribuição das árvores nas capitais brasileiras. Não achei um material mais atualizado, esse é de 2010 e sete anos se passaram. Vou pesquisar para ver se esse quadro mudou ou se mantém.

Finalizo esse post com uma frase de Roberto Burle Marx: "Gostaria que os que viessem depois de mim pudessem, pelo menos, ver alguma coisa que ainda lembrasse o país fabuloso que é o Brasil, do ponto de vista botânico, dono da flora mais rica do globo"

(Roberto Burle Marx foi um artista plástico brasileiro, renomado internacionalmente ao exercer a profissão de arquiteto-paisagista).

Fontes de consulta
http://mcardosobarro.blogspot.com.br/2011/03/importancia-das-arvores-para-manutencao.html
http://www.culturaambientalnasescolas.com.br/noticia/meio-ambiente/importancia-da-arvore
http://istoe.com.br/228814_EM+DEFESA+DA+ARVORE/
https://arvoresdesaopaulo.wordpress.com/

sábado, 24 de junho de 2017

Lindas imagens com árvores

Olá amigos e amigas leitores do blog!
Tenho um profundo respeito pela mãe natureza, pelo reino vegetal e pelas árvores por sua extrema importância. No próximo post escreverei sobre a importância das árvores. Hoje, no entanto, gostaria que vocês apreciassem a beleza das paisagens com nossas amigas árvores.

Imagens: https://pixabay.com/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...